Basquetebol – Trabalho Feito – Sejaumgenio




Basquetbol
O basquetebol é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas, cada uma delas com cinco jogadores de campo mas cinco suplentes. Uma equipa pode, com tudo, apresentar e inscrever no boletim do jogo 12 jogadores. Qualquer jogador pode ser substituído ou substituir outrp colega de equipa
A equipa de arbitragem é constituída por dois árbitros, que assinalam as infracções e vigiam a conduta dos jogadores.
´
O objectivo do jogo é introduzir a bola no cesto da equipa adversária e impedir que a bola entre no nosso cesto, respeitando as regras do jogo. Não existem empates como no futebol, e, para desempatar o jogo, joga.se um prolongamento de 5 minutos, ou, quantos forem necessários, até se encontrar um vencedor.
Fundamentos técnicos
Passe
Passe é a passagem da bola a um companheiro da equipa em condições jogaveis.
A todo o passe que permita uma recepção em boas condições para converter um cesto chamamos assistência.
Os principais tipos de passe são o de peito e o de ombro.
Prinipios gerais
Boa +ega de bola.
Avaliação da distância e posição dos colegas (seleccção do tipo de passe).
Olhar os colegas.
Fazer o psse loge da intercepção dos aversários.
Atenção ao movimento de mão, braços e pernas.
Mão estendida para o lado para onde queres fazer o passe.
Passse de peito
Este tiioo de passe é uutliizadoo ppara diistânciias cuurtase médias, é directo e feiitoo coom duas mãos.
Determinantes técnicas
No passe de peito:
Colocar os cotovelos junto ao peito;
Avançar um dos apoios ;
Executar um movimento de respulsão com os braços;
Após passe,ficar com as palmas das mãos viradas para fora e os polegares a apontar para dentro e para baixo.
Erros frequentes
Afastar os cotovelos do tronco.
Passara bola demasiado alta ou demasiado  baixa em relação ao peito do companheiro.
Passe de ombro
Este tipo de passe é utilizado para dstâncias loongas, em contra_ataque ou com oposiçâo.
Determinantes técnicas                                            
No passe de onbro deves:
Segurar a bola com as duas mãos ao e por cima do onbro;
Colocar o cotovelo numa posição levantada;
Avancar o corpo e a perna  do lado da bola;
Fazer a estenção do braço e finalizar o passe com golpe de pulso.
Drible

Acção de progressão com a bola batendo-a  no solo com uma ou outra mão (nunca com  anbas as mãos simultaneamente).
Na fase de progressão do drible com mudança de direcão deves:
Erguer a cabeca e olhar para o cesto;
Executar drible de protecção à altura do joelho;
Protejer a bola com o corpo e a mão que não dribla.
Na fase de execução do drible com mudanca de direção deves:
Erguer a cabeça e olhar para o cesto;
Cruzar a bola pela frente ;
Driblar perto do corpo;
Mudar de mão;
Executar drible de proteção a  altura do joelho;
Protjer a bola com o corpo e a mão que não dribla.
Lançamento
O lançamento é a acção de atirar a bola ao cesto, permitindo finalizar as cituações de ataque.
Todos os lançamentos requeren da parte de quem os executa :
Concentração antes,durante e depois do lançamento;
Fixação de olhar num ponto de do aro  ou da tabela durante a sua execução;
Equilibrio, resultante não apenas da posição dos pés, mas também do controle do corpo e dos movimentos.
Há diversos tipos de lançamentos ,como, por exemplo, em apoio, em supensão, parado, na passada.
Vamos abordar o lançamento parado, que pode ser: 
A duas mãos;
Com uma mão.
Lançamento a duas mãos
Determunantes técnicas
Partir da posição-base ofenciva;
Colocar a bola junto ao peito;
Posicionar os cotovelos a apontar para baixo e para fora;
Estender os braços para cima e para a frente;
Fazer o movimento acompanhado pela estensão das pernas edo tronco:
Fazer a rotaºão dos pulsos de cima para baixo e para os lados.
Lançamento com uma mão
Determinantes técnicas
O jogador deve:
Partir da posição-base ofensiva;
Avançar ligeiramente o apoio do lado da mão que lança;
Manter o olhar dirigido para o cesto;
Segurar a bola com as duas mãos, de modo a ficar por trás da mão que lança, com os dedos afastados;
Posicionar de lado a mão de apoio da bola;
Colocar o cotoveol debaixo da bola:
Colocar a bola acima nável da cabeça, mas desviada lateralmente, para o lado da mão lançadora;
Posicionar o braço e o antebraço de modo a formarem um angulo de 90 graus;
Fazer a estensão completa das pernas e braços com espulsãp da bola por golpe de pulso;
Executar o movimeto de forma contínua.
O jogo
O ensino do jogo de basquetebol deve basear-se numa vevencia alternada da situção jogo-competição com as aulas cujo conteúdo tenha sido directamente na observção sistemática das dificuldades com que os alunos deparam em situção real de jogo.
Determintes técnicas em situção de jogo de 3×3 ou 5×5.
1- Como atacante e com posse de bola
Nesta situação, deves enquadrar-te ofensivamente numa posição de trípla ameiaça.
Deves:
Ultrapassar o teu advesário directo (atrvés de fintas, mudança de direcºão) para finalizares. Csaso não o consigas, continua o drible ou passa a bola a um colega que se encontre numa posição mas ofensiva;
Após o passe, cortar para o cesto para abrir novas linhas de passe; se não a receberes, deves posicionarte de forma a repor o equilíbrio ofensivo.
2- Como defensor
Quando a tua equipa perde aposse da bola, deves tentar impedir ou dificultar a progressão do advesário; tentar impedir que o adversário marque pontos; tentar recuperar a posse de bola.
Deves:
Assumir imeditamente uma atitude defensiva;
Dirigirte de imediato para o teu adversário directo, enquadrando-te defensivamente, para procurares recuperar a posse da bola ou dificultar as acções ofensivas:
Se defendes o jogador com bola, colocar-te entre esta e o cesto, dificultando as acções ofensivas do atacante (lançar, passar ou driblar);
Se és ultrapassado pelo atacante com bola,tenter recuperar o enquadramento defensivo repdamente;
Caso um colega teu seja ultrapassado por um adversário, tentar dificultar a acção ofensiva do atacante (entreajuda).
Regras de jogo
O lançamento de campo, quando é feito dentro da linha dos 6,25 metros, vale 2 pontos; quando  é realizado fora desta linha, vale 3 pontos; no lançamento livre, vale um ponto.
A duração do jogo é de quatro períodos de 10 minutos cada.
Há intervalos de 2 minutos, entre o primeiro e o segundo períodos, entre o terceiro e quarto períodos e antes de cada período suplemerntar. O intervalo entre o segundo e o terceiro períodos é de 15 minutos.
Início do jogo
O jogo começa com o lançamento de bola ao ar, feito por um dos árbitros, no círculo central, entre dois jogadores adversários que, saltando, tentam tocar a bola para os seus companheiros de equipa. Esta náo pode ser agarrada, mas só batida.
Terreno do jogo
O campo é rectangular e limitado por duas linhas laterais e duas linhas finais.
Violações com a bola 
Passes: faser mais de dois apoios com a bola nas mãos sem a passar ou lançar.
Para iniciar um drible  so é permitido efectuar um apoio antes de driblar.
Ao utilizares um pé-um pé-eixo, este não pode ser levantado  antes de iniciares um drible,  caso isto aconteça,  são passos.
Não se pode drblar, agarrar a bola e voltar a driblar,  nem  driblar com as duas mãos simutaneamente.
Não se pode permanecer com a bola nas mãos,sem driblar, mais de 5segundos.
O tempo limite para se faser com que  a bola passe para o meio-campo ofensivo é de  8 segundos.
O tempo limite para efectuar um lança~mento de campo é de 24 segundos.
Se estiveres com a bola  na zona de ataque, não podes passar a um colega colocado na zona de defesa, ou driblares p+ara essa maesma  zona.
Faltas  pessoas
Obistrução- contacto pessoal que inpede a progressão do adversário.
Carregar-contacto pessoal que ocorre quando um jogador, com ou  sem bola,  força a sua passagem e contacta com o corpo do adversário.
Marca pela retaguarda- contacto pessoal que ocorre pela retaguarda  quando  um  defensor  tenta  jogar a bola.
Deter- quando se usa as mãos para tocar no adversário, impedindo-o de progredir o u na ajuda da sua marcação.
Segura- quando o contacto pessoal impede a liberdade de movimentos do adversário.
Uso ilegal das mãos-quando o defesa toca as mãos do atacante numa tentativa de jogar a bola. A exepção da-se quando o contacto  for acidental e so se for sobre a mão do adversário que esta sobre a bola.
Impurrar- quando um jogador desloca, ou tenta deslocar, o adversário atraves da força.