Ligas metalicas – Trabalho Feito & Completo – sejaumgenio

Ligas metalicas – Trabalho Feito e Completo – sejaumgenio

Introdução
Neste presente trabalho de carácter avaliativo introduzimos sobre as ligas metálicas, exclarecendo da melhor forma possivel a definição, o  processo de obtenção, os tipos de ligas  metálicas, a aplicação, e por fim apresentamos uma liga metálica bastante utilizada que é a amálgama dentária.
Primeiramente definimos as ligas metálicas dizendo que são materias que derivam de de uma mistura de dois elementos químicos, onde um deles deve ser metal.
Apôs a definição apresentamos também todos os passos aplicáveis para obter uma liga metálica.
Também nos destacamos em apresentar as aplicações de todos os tipos de ligas metálicas e exclarendo melhor na base de exemplos  de algumas ligas metálicas.
No fim fizemos uma abordagem sobre uma liga metálica bastante antiga e utilizada ate aos dias de hoje que é a amálgama dentária, está liga foi descoberta a muito tempo pelos chineses no seculo VII, usavam para estampar o lacunas nos dentes causadas pela Carie dentária.



Ligas metálicas


Ligas metálicas são materias com propriedades que contêm dois ou mais elementos químicos sendo que pelo menos um deles é metal.
Tambem podemos definir liga metálica como uma solução sólida que se obtem pelo arefecimento de uma mistura homogênea fundida, de um metal com um ou vários elementos metálicos ou não metálicos.
Processo de Obtenção das ligas metálicas
As ligas metálicas são produzidas a partir da mistura de dois metais ou mais, como, por exemplo, as misturas de ferro, cobre, aço.
As fases da obtenção de uma liga metálica:
1º Passo:
Para a obtenção de uma liga metálica temos como o primeiro passo, fundir os componentes em alta temperatura, para que se tornem uma mistura homogênea.
2º Passo:
O segundo passo é colocar a mistura homogênea, ainda quente, em  uma espécie de forma especifica para esse tipo de produção, no tamanho, largura e comprimento que a liga metálica deverá ter.
3º Passo:
O terceiro passo é esfriar essa mistura, para que ela se solidifique e tome o formato escolhido.
Tipos de Ligas metálicas


As ligas metálicas são divididas em dois tipos, nomeadamente: ligas metálicas ferrosas e ligas metálicas não ferrosas.
Ligas metálicas ferrosas
Ligas metálicas ferrosas são aquela que apresentam o ferro como o principal constituinte.
Por exemplo: Aço e ferro fundido.
As ligas metálicas ferrosas se dividem nas ligas de aço que são constituidas por ferro e carbono e nas ligas de ferro fundido que são constituidas de silício, carbono e ferro.
As ligas metálicas ferrosas têm aplicação principalmente na indústria de materiais e na engenharia de materiais. São produzidas em grande escala e sua larga utilização se deve ao facto de o ferro ser um elemento muito facil de ser encontrado na natureza e que não tem um custo tão elevado em comparação com outros metais.
Estes metais tem uma desvantagem que é de sofrer corrosão.
Ligas metálicas não ferrosas
Ligas metálicas nao ferrosas são aquelas que não apresentam o elemento químico ferro na sua composição, ou apresentam o ferro em pequena quantidade.
Por exemplo: O  bronze é exemplo deste tipo de liga metálica, porque é obtido a partir da mistura dos elementos químicos Cobre (Cu) e Estanho (Sn), liga de bronze, liga de alumínio e amálgama.
As Ligas metálicas não ferrosas são caracterizadas por uma baixa densidade e alta condutividade elétrica. Estas apresenta uma vantagem extramemente importante que é a resistência a corrosão, lembrando que as ligas metálicas nao apresentam esta vantagem.
As ligas metálicas não ferrosas mais utilizadas na indústria são as que possuem o alumínio.
Exemplos de principais ligas metálicas não ferrosas: liga de bronze, liga de latão e liga de alumínio
Aplicação das ligas metálicas

As ligas metálicas, sao utilizadas sobretudo nas industrias, na construção civil, joalharia, material de cozinha.
A liga de bronze pode ser aplicada no fábrico de instrumentos músicais devido a sua capacidade de geração de ondas específicas.
Liga de latão existem mais de dez tipos de ligas de latão, e esta é aplicada no fábrico de armas, cartuchos, parafusos, moedas, aparelhos médicos, dobradiças, chaves e molas.
Também, Devido a sua alta flexibilidade, ele é usado para produzir instrumentos músicais de sopro, como trompete, flauta, saxofone.
Liga de alumínio é muito utilizada na construção civil e na arquitetura, em embalagens, em utensílios de cozinha, em condutores elétricos, dentre outras diversas aplicações.
O ouro de 18 quilates é formado por (75%), prata (13%)  e cobre(12%). Deste modo esta composição garante a dureza, resistência, durabilidade e brilho, condições que permitem a utilização para a produção de peças de joalheria.
O ouro puro é bastante maleavel por isso não é utilizado na produção de joias, sendo necessario acrescentar outros metais.
O termo quilate refere-se a quantidade de ouro presente na liga.
Amálgama dentária

Amálgama é toda liga metálica em que um dos metais envolvidos está em estado líquido, sendo geralmente o mercúrio.
Amálgama dentária é uma liga metálica que contém prata, mercúrio e estanho, podendo haver também o zinco e o cobre. Ela visa restaurar a cavidade causada pela doença cárie e pela manobra operatória do dentista ao remover tecido contaminado, cada combinação  das ligas metálicas para originar um tipo de amalgama é utilizado em uma área específica.
Algumas informacões dizem que a amálgama foi descoberta pelos chineses na Ásia e algumas dizem que foi descoberta na Europa e foi levada aos Estados Unidos, era obtido através da raspagem de moedas de prata, em seguida esse pó obtido era misturado ao mercúrio. No entanto, a qualidade do material não era muito boa, pois dependia da qualidade e limpeza da moeda. Esse agravante levou o cientista V. Black a estabelecer padrões de composição entre a prata e estanho na liga de amálgama, o qual seria de 68% de Ag e 25% de Sn, o que equivale a três átomos de prata para um de estanho. Black ainda sugeriu que parte da prata poderia ser substituída por cobre, para melhorar as propriedades mecânicas da liga, mas esse valor não poderia ultrapassar 6%.
Propriedades da amálgama dentária
As propriedades da amálgama dentária são:
Toxicidade: O mercúrio é um dos componentes da amálgama dentária é um elemento tóxico para o ser humano, assim sendo, é preciso empregar a quantidade exata na composição.
Propriedades mecânicas de resistência: Esse fator é importante, pois a peça precisa ser resistente para suportar os impactos da mastigação. E deve ser também resistente à corrosão, proveniente da reação química com alimentos ingeridos e a saliva. Caso contrário trará efeitos estéticos ao paciente.
Alterações dimensionais: Durante as 24 horas após a amalgamação deverá ocorrer uma expansão da amálgama, pois, ao contrair durante a cristalização pode ocorrer infiltração na restauração dentária.  Com essa expansão e a elasticidade dentária há um selamento da cavidade trabalhada.
Conclusão
No presente trabalho concluímos que as ligas metálicas são materias com propriedades que contêm dois ou mais elementos químicos sendo que pelo menos um deles é metal.
As ligas metálicas são produzidas a partir da mistura de dois metais ou mais, como, por exemplo, as misturas de ferro, cobre, aço.
O seu processo de obtenção é basntante complexo exigindo várias etapas, neste caso de uma forma mais resumida deve-se fundir o ferro a altas temperaturas depois colocar a mistura numa forma a qual queremos que a liga tenha, e por fim devemos esfriar a mistura para que possa obter um estado sólido.
Quanto aos tipos de ligas metálicas, podemos encontrar ligas metálicas ferrosas e ligas metálicas nã ferrosas.
Na aplicação das ligas, concluímos que no nosso dia-a-dia usamos produtos feitos a partir de  ligas sem perceber. As ligas metálicas são usadas no fábrico de panelas, instrumentos músicais. Uma das ligas que apresenta muitas aplicações é o latão que é usado no fábrico de armas, cartuchos, parafusos, moedas, aparelhos médicos, dobradiças, chaves e molas.
E por fim nos destacamos também por concluir sobre a amálgama dentária que é toda a liga metálica em que um dos metais envolvidos está em estado líquido, sendo geralmente o mercúrio.
Pesquisas relacionadas
trabalho feito ligas metalicas
ligas metalicas trabalho pronto
ligas metalicas pdf
download trabalho feito ligas metalicas
baixar ligas metalicas pdf – sejaumgenio
LIGAS METALICAS – Trabalhos Feitos
Ligas Metálicas. Definição e exemplos de ligas metálicas
Ligas metálicas (trabalho final) – SlideShare
Introdução Ciencia dos Materiais(Ligas metálicas) – Trabalho …
caracteristicas das ligas metalicas
importancia das ligas metalicas
classificação das ligas metalicas
tipos de ligas metalicas pdf
ligas metálicas não ferrosas
definiçao de ligas metalicas
vantagens das ligas metalicas
propriedades fisicas das ligas metalicas
Trabalho de Liga Metálica – Ciência dos Materiais
Ligas Metálicas – Brasil Escola – Uol

Ligas Metálicas – Mundo Educação