Teoria de Motivacao, incentivo e impulso – Trabalho feito

 


1.Segundo Spector (2002, p198) a motivação é um estado interior que induz uma pessoa a assumir determinados tipos de comportamentos.

2. A diferença que existe entre motivo, incenntivo e impulso é que:

Instinto designa, em psicologia, etologia, biologia e outras ciências afins, predisposições inatas para a realização de determinadas sequências de ações (comportamentos) caracterizadas sobretudo por uma realização estereotipada, padronizada, predefinida.

Incentivo é o objeto, condição ou significação externa para o qual o comportamento se dirige ou se afasta. Incentivo positivo é aquela na direção do qual o comportamento se dirige (alimento, dinheiro, sucesso) e negativo, aquele do qual faz o sujeito se afastar ou evitar (ferimento, isolamento social).

Impulso é um estímulo que possui força suficiente para levar a pessoa a fazer uma determinada ação. Qualquer estímulo pode vir a ser um Impulso, desde que tenha uma intensidade que provoque a ação.

3. A motivação teve início desde o surgimento da humanidade, na pré-história existia a motivação pois o homem era motivado a fazer determinada descoberta para sobreviver portanto com o surgimento do fogo para se aquecer, por exemplo, o homem era motivado a fazer algo para se aquecer na época do frio. Essa atitude já é uma postura motivadora. O homem era motivado a fazer novas descobertas. Porém, só começaram a ser estudado os temas motivacionais quando as teorias foram se aprimorando e se desenvolvendo até a teoria humana. Na Grécia, a palavra em Latim “Moverè” teve início com os filósofos que procuraram abordar o tema, o primeiro livro texto sobre motivação foi publicado em 1964.

4. Alma racional predomínio da razão e das capacidades intelectuais que permitem as tomadas de decisão, alma irascível predomínio da competição e da coragem e alma apetitiva que é o predomínio dos desejos (paixões, fome, sexo), Para Platão a maioria dos homens enfatizaria essa última manifestação.

5. Necessidades psicológicas são componentes psicológicos essenciais e universais, constituindo os nutrientes da vida psíquica, as necessidades psicológicas têm a importância de controlar o bem-estar psicológico, na medida em que a sua satisfação se encontre regulada, assumindo-se assim que a sua inadequada regulação se afigura promotora de mal-estar psicológico.

6. Segundo Maslow (1975), o comportamento motivacional é explicado pelas necessidadeshumanas. Ele cita que a motivação é o resultado dos estímulos que agem com força sobre os indivíduos, levando-os a ação. Para que haja ação ou reação é preciso que um estímulo sejaimplementado, seja decorrente de coisa externa ou proveniente do próprio organismo.



Palavras chaves

Teorias da motivação pdf

Teorias de processo da motivação

Tipos de motivação

Teorias de motivação nas organizações

Conceito de motivação

Teoria da motivação de Maslow

O que é motivação pdf

Importância da motivação